Da série: "Teoria da Jabuticaba": agora todos no mundo sabem que somos o país da impunidade (do blog do Marcelo Cunha)

11/05/2012 18:47

 

Da série: "Teoria da Jabuticaba": agora todos no mundo sabem que somos o país da impunidade - Americano "Caloteiro da Caipirinha" que tentou fugir sem pagar conta de R$ 15 mil responderá em liberdade e assinou um termo de compromisso que voltará ao Brasil para responder em Juízo.

 

O americano Robert Scott, de 54 anos, que foi detido ao tentar sair do país sem pagar a conta de hospedagem no Rio de Janeiro, usou o motorista do próprio hotel para ir ao aeroporto na noite de quarta (9), informou o delegado Márcio Monteiro, da 12ª DP (Copacabana), nesta quinta (10).
 


O turista estava hospedado no hotel Porto Bay, na praia de Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro, e tentou pegar o voo de volta aos Estados Unidos na noite de quarta-feira (9), enquanto seu débito com o hotel já estava em R$ 15 mil.

 

Ele foi detido no Aeroporto Antônio Carlos Jobim, na Ilha do Governador, por policiais da 12ª DP (Copacabana), que haviam sido avisados pelo hotel da tentativa de fuga.

 

O delegado contou que o americano estava hospedado em Copacabana desde o dia 26 de abril e sua reserva ia até sexta-feira (11), mas na noite de quarta ele pediu a um motorista do próprio hotel que o levasse ao aeroporto. O turista saiu carregando apenas uma mochila, e foi embora sem levar a mala com roupas que deixara em seu quarto.

 

“Quando o motorista voltou ao hotel sem ele, desconfiaram e ligaram para a companhia aérea, que confirmou o nome dele em um voo daquela noite”, contou o delegado.

 

Na delegacia, o turista alegou que não podia pagar a conta porque seu cartão teria sido clonado no Brasil, mas a polícia afirmou que ele não fez nenhum contato para comunicar a suposta clonagem do cartão. “Se o cartão foi clonado, por que ele não procurou a polícia para fazer o registro?”, questionou Mendonça.

 

O turista ainda alegou que tinha problemas de saúde, apresentou documentação médica informando que tinha sete pontes de safena, mas disse à polícia que “veio curtir férias”, segundo Mendonça. “Como uma pessoa com problemas médicos iria consumir R$ 6 mil só em caipirinha?”, indagou.

 

 

Retenção do passaporte foi negada pela Justiça
 

 

A polícia informou ainda que pediu a retenção do passaporte do turista, mas a Justiça negou e ordenou que ele fosse solto para responder em liberdade. Ele assinou um termo em que se compromete a voltar ao país para responder em juízo [kkk - ISSO AÍ SÓ PODE SER PIADA!!! REALMENTE O BRASIL É O PAÍS DA PIADA PRONTA] , mas o delegado acha difícil que isso aconteça. “Esperamos que ele cumpra com a palavra e volte, ou que venha a ressarcir o hotel”, afirmou Mendonça. (Fonte: G1)

 

 

COMENTÁRIO DO MC: Tudo o que só existe no Brasil, exceto a jabuticaba, é suspeito de ser uma esquisitice tupiniquim para atender a interesses de certos grupos que lucram com isso. Será que a retenção do passaporte do "Caloteiro da Caipirinha" ofende a dignidade da pessoa humana?? Será que se brasileiros fizessem isso nos EUA (ou em qualquer outro país do mundo), a justiça do tal país estaria TÃO preocupada com os direitos fundamentais do estelionatário. Como diz o colega Fernando Zaupa, na Republiqueta Tupiniquim, a banana é que come o macaco...

 

 

 

Fonte - Blog do Marcelo Cunha - http://marcelocunhadearaujo.blogspot.com.br/