Do Blog Injustiça Brasileira - João Henrique Corrêa de Souza - Embriaguez ao Volante

09/04/2012 17:59

Vivemos uma situação BIZARRA e acima de tudo TRÁGICA...

 

Ou como a justiça brasileira coloca a liberdade e os direitos do indivíduo acima da liberdade e dos direitos da sociedade.

 

Imagine a seguinte situação fictícia:

Eu estou tomando cerveja em um bar com uns amigos em uma noite animada (só eu já tomei umas 5 ou 9, não lembro direito), quando resolvo dar uma volta com meu carro para ver como está o agito na cidade. Chego até meu carro (não sem antes tropeçar e quase cair, pois a essas alturas o chão parece vivo) e saio cantando pneu para impressionar a galera que fica no bar.

Minha atenção está toda voltada para as gatas que caminham na calçada, quando de repente me deparo com um controle policial e sou obrigado a parar o carro. Os policiais notam que não estou sóbrio pelo meu susto. Quando eu abro a janela eles sentem o bafo de álcool que sai de dentro do carro.

Então, após verificarem a documentação do meu carro (depois que eu consegui achar) eles cumprem com sua obrigação.

 

“Todos nós sabemos que a lei proíbe dirigir estando alcoolizado.”

 

Os policiais, cumprindo seu dever de proteger a população, solicitam que eu faca o teste do bafômetro para confirmar se eu estou bêbado ou apenas meio bobo (...). “E agora?” Penso eu... “Entrei em uma fria.”. Mas então eu me lembro dos noticiários, e, olhando nos olhos do policial, exalto:

 

“TEMOS A JUSTIÇA* NESTE PAÍS !!! VOCÊ NÃO PODEM ME OBRIGAR A ASSOPRAR NO BAFÔMETRO! NINGUÉM PODE PRODUZIR PROVAS CONTRA SI MESMO !”.


A situação é
 

BIZARRA, pois:

- os policiais sabem que muito provavelmente eu estou bêbado e muito bêbado.

- as pessoas que estão acompanhando a situação veem isso e sabem que não poderia estar dirigindo.

- eu sei que estou bêbado, mas sei também que a justiça* não vai me punir por isso.

- todos os citados acima sabem que a lei proíbe dirigir estando alcoolizado e isso para nossa própria proteção. Para proteger o cidadão.

- todos presenciam o constrangimento dos policiais e sabem que eles não conseguirão cumprir sua obrigação.

- todos sabem que dirigir embriagado reduz os reflexos motores e a capacidade de reação, o que transforma o carro em uma arma mortal nas mãos de uma pessoa embriagada.

- sou levado para a delegacia para averiguação, mas como não foi possível provar que eu estava bêbado, não preciso temer a lei. A justiça* está do meu lado.

 

Agora, a parte


TRÁGICA:

- só uma pequena parte dos condutores embriagados é parada em controles policiais a cada noitada.

- todos sabem que a justiça* não está aí para aplicar as leis, e sim para.... bom, isso eu também não sei, para falar a verdade...

- pessoas continuarão se embriagando ao volante, certos de que a justiça* o permite.

- dirigir embriagado reduz os reflexos motores e a capacidade de reação, o que transforma o carro em uma arma mortal nas mãos de uma pessoa embriagada.

- jovens em tenra idade serão atropelados por carros desgovernados.

- famílias serão dilaceradas, pois o sinal vermelho não foi visto a tempo.

- ciclistas ficarão feridos ou serão mortos “sem querer”.

- crianças indo para a escola morrerão.

- filhos perderão os pais, pais perderão os filhos.

- etc., etc., etc.

 

Agora, o que diz o bom senso?

Não se precisa estudar direito para saber que:

- todos os citados acima sabem que se eu não estivesse realmente bêbado eu sopraria o bafômetro sem problemas para ir embora logo. Não soprar praticamente equivale a uma confissão.

- SUPONDO que eu estou realmente bêbado, eu sou uma ameaça às outras pessoas, portanto é de suma importância verificar esta suspeita. Se o suspeito não quer soprar, que seja feito um exame de sangue. Se até isso ele se recusar, então a prova está feita!

- supor que todos são inocentes é muita ingenuidade. É uma ideologização da natureza humana. É só olhar para o estado da nossa sociedade atual...

 

Parece simples, não?

 

E é!

 

* onde foi colocado asterisco favor substituir por injustiça brasileira (ou apertar o botão IRONIA).

 

E isso acontece todos os dias! Vejam o link abaixo para um exemplo no Rio Grande do Sul:

http://wp.clicrbs.com.br/santarosa/2011/04/13/motorista-flagrado-dirigindo-embriagado-explica-o-que-aconteceu-no-domingo/

 

Fonte: Blog Injustiça Brasileira - http://in-justicabrasileira.blogspot.com.br/